Dani Pedrosa anuncia retirada do Moto GP

Depois de alguns meses de indefinição sobre o seu futuro, Dani Pedrosa anunciou numa conferência de imprensa em Sachsering, palco da etapa deste fim-de-semana do MotoGP que se vai retirar da modalidade depois de terminar a temporada de 2018.

O piloto de 32 anos está a fazer a pior época desde a sua estreia nas 125 cc em 2001, tendo conquistado apenas 41 pontos em oito corridas, menos 99 que o companheiro de equipa da Honda, Marc Márquez.

No mês passado foi confirmado que Pedrosa deixaria a equipa da Honda no final de 2018, onde será substituído por Jorge Lorenzo, que está a disputar este ano a última temporada com a Ducati.

Pedrosa referiu na semana passada que a falta de certeza sobre os seu futuro acabou por afetar as suas prestações em pista. Marc MárquezPedrosa-press-conference-Alemanha fez questão de dizer que os problemas do seu companheiro de equipa podem estar ligados à falta de motivação.

Artigos relacionados

14.ª edição do Troféu Yamaha já tem calendário definido

Tal como em edições anteriores, serão cinco as provas que compõem o troféu, mas para este ano a Yamaha Motor Portugal preparou algumas novidades.

Mais uma criação da Revival Cycles… um Sidecarcross

A Revival Cycles decidiu fazer qualquer coisa diferente. Desta vez um Sidecarcross, um trabalho pouco habitual e surpreendente que tem uma moto de base e depois foi transformada nesta moto diferente.

Miguel Oliveira: “foi uma corrida dura, mas limpa. Não foi perfeito, mas foi bom”

Depois de conseguir mais um pódio no GP das Américas, Miguel Oliveira falou sobre a corrida e sobre a sua prova.