Polaris anuncia encerramento da marca Victory

Polaris anuncia encerramento da marca Victory

A Polaris Industries anunciou o encerramento da marca Victory Motorcycles, depois de 18 anos de atividade, mas vai ajudar os negociantes a liquidar os stocks existentes enquanto continuar a fornecer peças por um período de 10 anos. O grupo norte-americano, que se focará apenas na Indian Motorcycles, vai ainda fornecer serviços e coberturas de garantia a todos os proprietários de motos da marca.

“Esta foi uma decisão extremamente difícil, para a minha equipa e para o Conselho de Administração da Polaris. No últimos 18 anos não investimos apenas recursos, mas também demos os nossos corações e estamos muito orgulhosos com o que a nossa equipa tem conseguido. Desde o início, foram produzidos cerca de 60 modelos da Victory que foram homenageados com 25 dos melhores prémios da indústria”, sublinhou o CEO da Polaris, Scott Wine.

A Polaris reduzirá os custos operacionais apropriados com base nesta decisão, continuando a apoiar o crescimento futuro de negócios e empenhada em manter-se na Spirit Lake com a Indian Motorcycles. Em 2009, aconteceu algo semelhante com a Harley-Davidson, quando terminou as operações da Buell, pelo que sai de cena mais uma marca com origem nos Estados Unidos da América.

Artigos relacionados

Rally-Raid é ja este fim de semana em Vila Nova de Santo André

Depois de ter nascido como Troféu de Navegação, a popularidade do mesmo transformou a competição em campeonato nacional e, nos próximos dias 3 e 4 de Março será a localidade

Triumph Street Cup: Desportiva urbana

A Street Cup é destinada aos que gostam de uma moto clássica moderna de aspeto desportivo, se bem que, no fundo, esta seja uma interessante utilitária, ou não tivesse a Street Twin como base.

«Toque» estraga corrida de Pedro Nuno em Valência

Num fim de semana muito importante face aos seus objetivos neste ano de 2016, Pedro Nuno e o Team Target estiveram no circuito espanhol de Valência para enfrentar aquela que foi a penúltima prova do CEV 2016.