Rui Gonçalves de regresso às origens

Rui Gonçalves, nome ligado ao Motocross, correu no Mundial entre 2002 e 2017 representando de forma brilhante a bandeira portuguesa. Foi o primeiro piloto português a vencer uma prova no Campeonato do Mundo de Motocross.

Foi com a Yamaha que Rui Gonçalves se lançou internacionalmente e em 2014 volta a correr de azul. Deixando as pistas em 2017 esteve no entanto sempre ligado ao Mundial como consultor técnico da Youthstream (entidade promotora do Mundial) para a segurança das pistas.

Com uma larga experiência na classe de MX2 e MX1, Rui Gonçalves teve como momento alto da sua carreira uma vitória emocional no Grande Prémio de Águeda em 2009, ano em que ganhou seis mangas na Classe de MX2 terminando o ano no 2º posto do Mundial.

O Grande Prémio de Portugal que decorrerá entre os dias 14 e 15 de abril no Crossódromo Internacional de Águeda será para Rui Gonçalves sem dúvida um voltar às origens por duas razões : vai voltar a correr em Águeda, desta vez como piloto ‘wildcard’ e a aos comandos de uma Yamaha.

Quanto ao facto de vir a ser ou não a sua última corrida, Rui Gonçalves diz que ainda não sente vontade de se despedir das pistas e esta será mais uma corrida para recordar mais tarde.

Rui Gonçalves

Artigos relacionados

Jovens aprendem em Águeda com a iniciativa MXGP Academy

A FIM Europa e a Youthstream iniciaram um novo projeto, o MXGP Academy, que tem o objetivo de ajudar jovens pilotos de motocross.

BMW Motorrad marca presença no 19.º Portugal de Lés-a-Lés

A BMW Motorrad vai marcar presença, mais uma vez, no 19.º Portugal de Lés-a-Lés, entre 14 e 17 de junho.

Oliveira Cup em Santo André com Tomás Alonso, Pedro Fragoso e Marco Mateiro no pódio

A segunda prova da época da Oliveira Cup decorreu no passado fim de semana em Santo André, com Tomás Alonso, Pedro Fragoso e Marco Mateiro a ocuparem os três primeiros lugares da classificação final MiniGP.