António Maio, Arnaldo Martins e João Lopes vencem Baja de Loulé

António Maio, Arnaldo Martins e João Lopes vencem Baja de Loulé

Com uma luta emocionante na competição moto, que terminou favorável ao campeão António Maio, cumpriu-se no Algarve a terceira jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno que teve também como vencedores Arnaldo Martins nos Quad e a dupla João Lopes/Bruno Santos nos SSV.

Nas duas rodas foi necessário que os três primeiros pilotos em pista terminassem a corrida para se apurar o vencedor. O trio que subiu ao pódio terminou separado por 21 segundos com vantagem para António Maio (Yamaha) que bisou esta temporada e mantém a liderança do campeonato.

Depois de ter entrado de forma dominadora no prólogo Sebastian Buhler (Yamaha) não conseguiu estar tão forte como noutras ocasiões e terminou a 12 segundos. Pelo contrário, Mário Patrão (KTM) entrou demasiado à defesa, mas terminou fortíssimo a 21 segundos do vencedor.

Luís Teixeira (Yamaha) foi o vencedor da Classe TT3, enquanto o triunfo na também disputada classe TT1 pertenceu a Fernando Ferreira (Yamaha). Os restantes vencedores nas duas rodas foram Martim Ventura (Yamaha) na Classe Promoção, Luís Cunha (KTM) na Classe Veteranos e Flávia Rolo (KTM) entre as Senhoras.

Entre os Quad a corrida algarvia limitou-se a confirmar o enorme favoritismo de Arnaldo Martins (Suzuki) que terminou com quase meia hora de vantagem para o jovem Fábio Ferreira (Yamaha) numa corrida onde terminaram apenas 3 pilotos.

Nos SVV foram muitos os que passaram pelas primeiras posições, mas João Lopes permaneceu quase sempre na liderança (apenas Rui Serpa – também em Polaris – passou pela liderança no 1.º dia) e terminou com mais de cinco minutos de vantagem, dando à Polaris a sua primeira vitória esta temporada.

Classificações (após três provas)

Moto: 1.º António Maio (Yamaha) 70 pontos; 2.º Mário Patrão (KTM) 52; 3.º Sebastian Bühler (Yamaha) 45; 4.º Luís Teixeira (Yamaha) 37; 5.º David Megre (KTM) 29.

Quad: 1.º Arnaldo Martins (Suzuki) 75 pontos; 2.º Filipe Martins (Kawasaki) 40; 3.º Vitor Caeiro (Yamaha) 29; 4.º Luís Pimenta (Suzuki) 22; 5.º Fábio Ferreira (Yamaha) 20.

SSV: 1.º Bruno Martins (Can-Am) 54 pontos; 2.º Pedro Mendes (Can-Am) 49; 3.º João Dias (Polaris) 47; 4.º Vítor Santos (Can-Am) 37; 5.º João Monteiro (Can-Am) 24; 6.º Nuno Matias (Can-Am) 23.

Artigos relacionados

Yamaha muito forte em Colónia com novos modelos

O fabricante dos três diapasões ainda não mostrou a nova Ténéré mas está em força em Colónia com novos modelos.

Dunlop introduz novos pneus de Moto2TM para o GP de Espanha

A Dunlop foi o único fornecedor de pneus de Moto2TM desde o arranque da categoria, em 2010. Ao longo da última década, a Dunlop evoluiu e melhorou constantemente, através de novas tecnologias, a sua gama de pneus para Moto2TM, tal como faz com a gama de pneus SportSmart de estrada para o segmento hypersport.

Yamaha XSR The Outrum é obra de portugueses criativos

A Yamaha XSR The Outrum é obra dos portugueses da Ton-Up Garage e insere-se no programa que a Yamaha iniciou há alguns anos, o Yard Built, e baseia-se na XSR700, nascida da MT-07.