Miguel Oliveira tem estreia interessante no seu primeiro GP da carreira

Neste caso quase não interessa quem ganhou o Grando Prémio do Qatar de MotoGP, interessa sim a prestação de Miguel Oliveira. O “miudo” de Almada não ficou longe de conseguir os seus primeiros pontos nesta categoria.

O português andou a maior parte da corrida dentro dos lugares que lhe dariam direito a pontuar, mas acabou por não conseguir esse mesmo objetivo, mas conseguiu o segundo objetivo, chegar ao fim da corrida sem problemas e foi precisamente o que aconteceu.

O piloto da Tech3 KTM conseguiu na estreia um resultado importante, o 17º posto da geral. Perdeu posições no arranque, mas à segunda volta já estava nos lugares pontuáveis onde se manteve até muito perto do final. Chegou a ser o melhor piloto de todas as KTM.

Miguel afirmou depois da corrida, “a corrida foi interessante, tive um problema com o motor logo no início, a moto foi abaixo, e tive de voltar às boxes e começar do último lugar, mas esse facto acabou por não interferir na corrida. O início da corrida foi bom, a primeira volta foi excelente e depois tentei manter-me com o grupo onde rodavam Aleix Esparagaro e Taka Nakagami, e depois de sete, oito voltas, a parte traseira começou a derrapar e a vibrar, e honestamente pensei que o pneu tinha rebentado. Estou desapontado porque sei que podia ter terminado nos pontos, mas estou feliz porque porque terminei a corrida”.

Quanto ao resto, na prova que abriu o Mundial de 2019 assistiu-se já ao primeiro duelo da época entre o italiano da Ducati e Marc Márquez, com Dovizioso a bater o campeão do mundo da Honda por milésimos de segundo.
Jorge Viegas marcou presença como presidente da FIM.

Artigos relacionados

Luís Oliveira venceu ronda dupla do CFL 2019

Campeão em título da especialidade Luis Oliveira venceu este fim‑de‑semana a primeira ronda dupla do Campeonato Nacional de Enduro – CFL 2019.

V7 III Stone da Moto Guzzi vê o preço reposicionado em Portugal

A Moto Guzzi reposicionou o preço da V7 III Stone em Portugal. Saiba quanto ficou a custar agora

MXGP Portugal 2018: Actib e Youthtream renovam contrato em Matterley Basin

o clube de Águeda e a Youthstream assinaram ontem em Matterley Basin o contrato que irá trazer de novo no próximo ano o campeonato à pista portuguesa.