Serão as VanguardaSpark as futuras Buell elétricas?

Se lhe falarmos de Erik Buell, seguramente vai perguntar em que loucura relacionada com motos se meteu agora. Pois bem, prepara-se para se surpreender, até porque o ex-piloto e dono da marca Buell vai investir nas motos elétricas com a VanguardSpark.

Se há algo que carateriza Erik, é a sua constância e a sua vontade de avançar nos negócios. Agora percebeu que o futuro é elétrico. Por isso, tornou-se num dos sócios da VanguardSpark, um projeto fruto da colaboração entre o fundador da Vanguard
e o proprietário da Spark Racing Technology, marca fornecedora do Campeonato de Formula E.

O objetivo da empresa é lançar-se no mercado das motos de emissões zero, com propostas inovadoras que revolucionam a mobilidade urbana, mas fiéis a um design atrativo.
De momento, vão sendo adiantadas duas propostas que deixam muito claras as suas intenções e a visão que tem a mobilidade elétrica urbana num futuro a curto prazo.

O primeiro modelo aproveitado, é a VanguardSpark SpeedBike, uma bicicleta a pedais assistida que, para Erik Buell e os seus sócios, seria o substituto lógico dos atuais ciclomotores e pequenas scooters.
A segunda proposta é a VanguardSpark Commuter, um moto elétrica que promete ser muito ágil para se movimentar entre o trânsito urbano, e que terá 150 km de autonomia. A Commuter promete ser um moto cómoda, prática e ecológica.

Artigos relacionados

Kawasaki Lisboa terá disponível várias motos para Test Ride

A 22 de abril, no próximo sábado, o concessionário oficial Kawasaki Lisboa vai ter à disposição várias motos para Test Ride.

Kawasaki Oneundret Racing Team prepara penúltima prova do FIM CEV 2016

Naquela que é a penúltima prova do FIM CEV 2016, a realizar no próximo fim de semana no circuito andaluz de Jerez de La Frontera, a equipa lisboeta Kawasaki Oneundret Racing Team está já no ‘paddock’ do traçado espanhol.

Rio Maior recebe a quarta etapa do Troféu Yamaha

O Troféu Yamaha está de volta, desta feita para cumprir no próximo dia 25 de junho, domingo, em Rio Maior a quarta prova do mais antigo Troféu de todo-o-terreno realizado em Portugal.