Últimas 1299 Panigale R Final Edition chegarão em breve às Ducati Stores

Esta é a última oportunidade de ser proprietário de uma parte da história do motociclismo. As derradeiras e exclusivas 1299 Panigale Final Edition estão, agora, a ser entregues às Ducati Stores.

A Final Edition é uma moto especial, prestando homenagem a um motor que ajudou a fazer a história da Ducati e escreveu alguns dos mais emocionantes capítulos do Campeonato do Mundo de Superbike. É esse o motivo pelo qual apenas 1299 destas motos foram construídas (uma edição limitada e numerada). Todas as motos são entregues com um certificado de autenticidade que torna esta Superbike exclusiva – um marco entre as bicilíndricas construídas em Bolonha – ainda mais valiosa.

As 1299 Panigale R Final Edition cumprem as normas Euro 4. Derivando da unidade motriz que equipa a 1299 Superleggera, o motor Superquadro da Final Edition disponibiliza 209 cv* às 11.000 rpm e um binário de 14,5 kgm às 9.000 rpm.

Conta com uma cambota mais leve, com moentes mais largos e balanceiros em tungsténio, enquanto as bielas, tal como as válvulas de escape, são feitas em titânio. Como acontece nos motores de Superbike, os dois pistões de 116 mm de diâmetro têm apenas dois segmentos e camisas em aço do tipo ‘slide on’.

Desenvolvida em conjunto com a Ducati Corse, a ultracompacta estrutura monocoque incorpora a caixa de ar e desempenha um papel crucial na limitação do peso a seco da 1299 Panigale R Final Edition a somente 179 kg. As especificações da ciclística contam com suspensões de regulação mecânica Öhlins e um ângulo da coluna de direção de 24º.

Panigale R Final Edition_UC69710_High

Artigos relacionados

Levis Motorcycles lança a V6 Cafe Racer plena de luxo

A Motorcycles lança uma naked artesanal indefenida que tem como principal fator surpreender o mercado.

Diogo deu um ar da sua Graça

Diogo Graça termina da melhor forma a participação no Campeonato Alemão de Supercross. Em Dortmund, o mais antigo e tradicional evento do género na Alemanha, o piloto português conseguiu o 3o lugar do pódio na primeira noite e garantiu o 4a posição na classe SX2.

Miguel Oliveira em bom plano

Miguel Oliveira esteve em destaque no primeiro dia de testes oficiais de MotoGP no circuito Malaio de Sepang, ao averbar o 16º melhor tempo.