Vespa elétrica já está à venda em Portugal

A Vespa iniciou a comercialização da versão elétrica entre nós, um veículos que se quer inovador e sustentável. Com uma potência máxima de 4 kW e um desempenho dinâmico típico de motores elétricos, a performance da Vespa Elettrica tem como objetivo superar a das tradicionais scooters de 50 cc, particularmente no que diz respeito à aceleração e ao início de subidas.

A bateria de lítio com sistema de recuperação de energia (que recarrega durante a desaceleração) garante uma autonomia de até 100 km (quer em estrada como em ambiente urbano). A recarga do veículo, completa-se em 4 horas e é feita através do cabo (localizado no compartimento por baixo do selim), numa tomada elétrica tradicional ou num posto de recarga público.

A bateria da Vespa Elettrica, garante uma eficiência de até 1.000 ciclos de carga completos, ou seja, entre 50.000 a 70.000 km (equivalente a, aproximadamente, 10 anos de utilização do veículo em ambiente urbano). Mesmo após os 1.000 ciclos de carregamento, a bateria mantém 80% da sua capacidade, continuando a ser utilizável. Localizada sob o assento, a bateria compacta não compromete a funcionalidade do compartimento por baixo do assento, que mantém a sua capacidade para um capacete Jet.

O sistema Ride by Wire permite o controlo da potência do motor. Ao pressionar o botão Riding Mode, no lado direito do guiador, o piloto escolhe o modo Eco (com velocidade limitada a 30 km/h e aceleração mais gradual, este modo permite economizar energia e prolongar a vida útil da bateria) ou Power (modo de condução que explora completamente a potência do motor).

Para facilitar mobilização da Vespa Elettrica durante manobras, o condutor pode ainda utilizar o modo Reverse  A Vespa Elettrica é comercializada em Portugal por 6790 euros. Em abril, chega a versão equivalente a uma 125 cc que vai ser comercializada por 6990 euros.

Artigos relacionados

Novo capacete FF313 Vortex nas lojas oficinas LS2

A elegância e o conforto superam qualquer estereótipo e unem-se num novo capacete: o FF313 Vortex.

Velocidade 2020 e Oliveira Cup de regresso ao Kartódromo Internacional de Santo André

A penúltima jornada do ano será já no próximo domingo, dia 3 de setembro.

Luta pelos títulos anima Baja Portalegre 500

Em festa como sempre, a Baja Portalegre 500, prova lançada por José Megre em 1987 e que agora sob a égide do Automóvel Clube de Portugal encerra o CNTT 2017, arranca já esta quinta-feira.